Página 4

II

E, de centeio outros oito alqueires da dita medida,
a qual será justificada com as outras da dita comarca
e, segundo se justificar, assim pagarão, a partir de
então, reduzida a esta nova. E paga mais por fogaça,
pelo Natal, quatro alqueires de trigo, o qual há-de
ser limpo com a bandeja;......
E, quando lavram trigo, se atingem quarenta alqueires,
pagam o foro de metade de trigo e a outra de centeio.
E, se não chegarem aos quarenta alqueires, pagam a
segunda e não o trigo, como ficou dito quanto diz
respeito ao primeiro foro dos oito alqueires de cima,
porque estes quatro de trigo, pelo Natal, terão
sempre de se pagar em trigo ainda que o não cultivem.
Cada casal paga mais, de foro, dois capões e um
frango de eirádega. E, de todas as terras contidas
nos seus aforamentos, a oitava